Carneirinho

Olha que fofurice esse body de Carneirinho…

Só um pouquinho desse Carneirinho… Logo, logo mostro o conjunto todinho que estou preparando :)

IMG_0585

 

Um pouco de Conto…

Havia um carneirinho, coitado, de quem ninguém gostava. Diziam que era muito feio e não sabia brincar. Num certo dia, todo o rebanho foi pastar para a serra e Simão, que era o filho mais novo do senhor Agostinho, pediu ao pai para também deixar ir o “Escurinho”. Lá mesmo no alto da serra, enquanto as ovelhas e os carneiros mais velhos se deliciavam comendo carqueja e outras apetecidas pastagens, todos os carneirinhos brincavam. Saltavam alegremente de pedra em pedra, mas o pobre do Escurinho nem vontade tinha de brincar. Ninguém lhe ligava nenhuma, antes pelo contrário, faziam troça do pobre animal. O dia estava muito bonito e apetecia mesmo andar naquela bela serra, retouçando nas finas ervas, cabriolando, a balir… Escurinho, muito pensativo e desgostoso por ninguém brincar com ele, vivia na maior tristeza do mundo. Contudo, ainda acreditava que, qualquer dia, haveria de encontrar alguém que com ele brincasse e se tornasse seu amigo. Desviando-se do rebanho, escondeu-se por detrás de uma penedia, onde ninguém o podia ver, e começou a chorar de desgosto. Escurinho acabou por adormecer e, quando acordou, já não estava mais ninguém na serra. Disse então: – Estou perdido!!! Meus Deus, vou ser comido pelos lobos! E começou a gritar bem alto: – Socorro, socorro! Para seu espanto, ouviu uma voz: – Olá! Estás perdido? Olhou para trás e viu uma enorme loba. Assustado, pediu-lhe: – Por favor, Loba, não me comas, por favor, ouve-me primeiro, não me comas… A Loba sorriu e disse-lhe: – Não tenhas medo… Com tais palavras, o coração do Escurinho voltou ao normal! E perguntou-lhe: – Então não me vais comer?! – Não – respondeu a Loba. – Sabes, nós, hoje, já não somos tão maus como contam as histórias de antigamente. Somos poucos e os homens gostam de nos ver. Então, tratam-nos muito bem, dão-nos de comida e, quando estamos doentes, dão-nos medicamentos e, enfim… temos tudo o que precisamos! Não temos necessidade de sermos maus, como dizem por aí os teus amigos! – Amigos? Eu nunca tive um amigo! – Não acredito! – respondeu a Loba. – Não vejo razão nenhuma para que isso aconteça, pois tu és um lindo carneirinho… – Achas?! – Estou a ser muito sincera contigo… – Mas tu achas mesmo?! – Sim, acho, ou antes, tenho a certeza! Como prova disso, vou fazer-te um convite… – Então, não me digas que queres ser minha amiga… – Sim, quero ser tua amiga, e mais: quero que conheças as minhas duas filhas que ainda são pequenas, assim como tu, quero que brinques e sejas muito feliz com elas. Estás de acordo? – Sim, claro, com certeza, vou adorar pertencer à tua família. E assim, foram descendo a montanha até à toca da Loba, onde o carneirinho passou a viver e a ter muitos amigos. Ter amigos é muito bom!

Bjkas

{ Camila Camomila }

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s